Sérgio Luis, da Go Runners: um passo de cada vez rumo aos 100K

Sérgio Luis, da Go Runners: um passo de cada vez rumo aos 100K

28 de maio de 2019 1 Por Paulo Prudente

O contador Sérgio Luis Rodrigues, de 47 anos, está na reta final dos treinos para sua segunda maratona, dia 23 de junho em Florianópolis. Morador de Assú-RN, Sérgio é atleta da Escola de Corrida Go Runners e revela seu mega sonho, que pretende realizar até o fim de 2020. Confira!

“Comecei a correr quando resolvi deixar de jogar futebol. Aos poucos fui conhecendo novas pessoas e logo passei a correr em eventos na minha região. Como sempre pratiquei esporte, não tive muitas dificuldades para me adaptar à corrida e como sempre gostei de desafios, passei a pensar em grandes distâncias. Hoje, mesmo com uma lesão nos joelhos, tenho dado prioridade à corrida de longa distância. Já corri 10 meias e estou indo para minha segunda maratona.

Antes de conhecer a Escola de Corrida Go Runners, eu achava que correr era simplesmente colocar um tênis e sair por aí. Mas senti a necessidade de conhecer mais sobre corrida e foi aí que a Go Runners me ensinou que precisamos estabelecer algumas diretrizes.

Passei a cumprir a planilha de treinos rigorosamente, minimizando lesões e desgastes. E o principal: comecei a correr mais confortavelmente e a atingir minhas metas com mais segurança.

A Go Runners está sempre preocupada em atender a todos os corredores independentemente  do nível de cada um. Isso me motiva muito, por que somos preparados de acordo com o estado atual de cada um.

Com a ajuda do Fabiano Pezzi e demais professores realizei um grande sonho, que era correr a Maratona do Chile em 2018. Agora estou me preparando para mais uma maratona, a de Florianópolis, em junho. Mas a grande meta é 100 km até o dia 31 de dezembro de 2020.

Preciso praticar alguma atividade física, pois a minha disposição depende das superações diárias e no esporte consigo me superar a cada treino. Isso faz me sentir vivo, capaz e preparado para as maratonas da vida.

Tem mais: o planejamento e a disciplina fazem parte de minha vida no trabalho e com o esporte eu aprendo a cumprir metas e objetivos de forma sistemática, sem dificuldades.”